Porto Seguro e Airbnb capacitam anfitriões em novo protocolo de higienização

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Porto Seguro (Sectur) e o Airbnb, maior plataforma global de compartilhamento de lares e experiências em viagens, promoveram uma iniciativa conjunta para capacitar anfitriões sobre o novo Protocolo Avançado de Higienização da plataforma na última quinta-feira, 13. A iniciativa de apoio à retomada do turismo local pós-pandemia envolveu um webinar com detalhes sobre o protocolo, que inclui um selo criado pelo Airbnb para ajudar a impulsionar os anúncios das acomodações que seguem as novas diretrizes. Mais informações disponíveis nesta página especial.

O Protocolo Avançado de Higienização da plataforma, lançado globalmente em abril e já disponível no Brasil, foi desenvolvido com orientação de autoridades sanitárias e em parceria com especialistas internacionais, como o CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças), nos EUA, instituto que é referência nos esforços de combate à COVID-19. As diretrizes envolvem, além da capacitação da comunidade de anfitriões sobre como higienizar todos os cômodos de uma casa, a certificação das acomodações que adotam o protocolo.

O programa estabelece ainda um intervalo de 24 horas entre uma reserva e outra para os anfitriões que adotam o Protocolo de Higienização, e de 72 horas para os que não puderem se comprometer com esse protocolo. Esse intervalo é baseado em recomendações de especialistas aplicadas em outro programa do Airbnb, que já ofereceu mais de 200 mil estadias a profissionais de saúde na linha de frente do combate à COVID-19 pelo mundo.

O Secretário de Cultura e Turismo de Porto Seguro, Paulo César Magalhães, foi convidado a iniciar o webinar e falou sobre a preocupação com a Segurança em Saúde em Porto Seguro.

“Meios de Hospedagem, Restaurantes, Bares, Lanchonetes, empreendimentos e atrativos turísticos têm se adequado aos protocolos sanitários do Município. E para que tenhamos mais segurança, nada mais justo que todos façam a sua parte. Sabemos da importância dos imóveis locados via Airbnb, tanto para a economia, quanto para a acomodação dos turistas, e saber que também estarão adequados aos protocolos nos traz ainda mais a certeza de que preparamos o melhor e mais seguro destino do Brasil”, frisou, ressaltando que este direcionamento do Airbnb é importante e corrobora com a Política de Segurança em Saúde de Porto Seguro, que inclusive tem sido elogiada como Plano de Retomada confiável, por muitos trades turísticos no País. “As casas também poderão obter o Selo Porto Mais Seguro e, para isso, basta entrar no site portoseguro.ba.gov.br/portomaisseguro e conferir o protocolo, termo de responsabilidade, e todos os parâmetros para um ambiente seguro”, finalizou Paulo César.

“Na retomada das viagens de turismo, algo que está claro é que aspectos de limpeza vão ganhar uma relevância ainda maior para os hóspedes, e que estabelecer novos padrões de higienização é fundamental para o setor. E o Airbnb foi pioneiro no segmento de compartilhamento de acomodações nesse sentido”, afirma Jun Yamamoto, gerente de relações institucionais e governamentais do Airbnb no Brasil.

Oficina para diagnóstico do potencial turístico e produção associada ao Turismo é realizada no Vale Verde

Ler matéria

Sectur realiza visitas técnicas aos espaços culturais em Porto Seguro

Ler matéria

Aprovado Plano de Ação da Lei Aldir Blanc para Porto Seguro

Ler matéria

Veja também

Sectur realiza novo cadastramento de agentes culturais e artistas

Ler matéria

Secretário de Cultura e Turismo de Porto Seguro participa de Live da Ugart

Ler matéria

Secretário de Cultura e Turismo participa de evento na capital paulista

Ler matéria