Artesãos de Porto Seguro participam da Feira Artesanato Bahia em Arraial d´Ajuda

Neste final de semana, de 04 a 06 de março, será realizada a Feira Artesanato da Bahia no distrito de Arraial d´Ajuda, em Porto Seguro, na Praça São Bráz, das 15h às 22h. Um dos destinos turísticos mais charmosos do Brasil, o vilarejo foi escolhido para a abertura da segunda temporada das feiras regionais de artesanato devido à grande simbologia que o local carrega, além da presença marcante do artesanato indígena, os pioneiros artesãos brasileiros. O evento será mais uma grande oportunidade para os expositores da Terra Mãe do Brasil, cadastrados previamente, venderem seus produtos produzidos aqui e terem contato direto com o grande público interessado nos artesanatos, no processo de criação e na história que cada item carrega. O acesso é gratuito.

A Feira é uma realização da Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), em parceria com a Associação Fábrica Cultural, e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Porto Seguro, através das secretarias de Turismo, de Educação e Cultura, de Comunicação e da Sec. do Litoral Sul. “Nossa linda Porto Seguro é o berço da nação brasileira, devido a isso a maior parte da herança cultural que temos hoje, seja na culinária, festas ou artesanato, vêm dos povos indígenas. Estamos muito felizes em receber a abertura da Feira Artesanato Bahia neste ano”, destaca o Prefeito de Porto Seguro e apoiador do evento, Jânio Natal.

O público presente irá encontrar produtos que revelam as diversas expressões multiculturais da região, com destaque para o trabalho manual dos Pataxós, que traduz a resistência e a cultura indígena; e também poderá desfrutar das histórias e conhecimento que marcam a identidade cultural de cada uma das mais de 50 comunidades indígenas da região. Histórias de beleza, luta e resistência. Na região de Porto Seguro são utilizadas técnicas que empregam a matéria nativa em composições contemporâneas, como aproveitamentos de cocos, entalhe e pintura em madeira, tecelagem, arte em tecido, bordados, crochê, trançado de fibras naturais de cipós, piaçava e dendê.

Os objetos indígenas, produzidos pelo povo Pataxó, são muito procurados pelos turistas na região, como as peças utilitárias talhadas em madeira, adornos corporais com sementes, instrumentos musicais e objetos do cotidiano. Segundo o vice-prefeito e secretário municipal de turismo, Paulinho Toa Toa, o turismo está aquecido novamente na Terra Mãe do Brasil e é cada vez mais significativo para Porto Seguro receber eventos que promovem e divulgam a cultura e costumes da nossa gente. “A Feira Regional Artesanato Bahia, um evento estadual, será mais um grande espaço dedicado à produção e artesãos locais, além de ótima oportunidade para o público conhecer de perto o melhor do artesanato da região, cada processo de criação e vivenciar experiências incríveis com forte bagagem histórica e cultural brasileira. Além de gerar renda para os artesãos do nosso município e mais opções de lazer para moradores e turistas”, destaca Paulinho Toa Toa.

Por: SETUR de Porto Seguro
Fotos: divulgação Feira Artesanato Bahia

Título: 6ª Meia Maratona do Descobrimento atrai mais de dois mil atletas à competição

Ler matéria

Festividades do Aniversário do Brasil movimenta a Cidade Histórica neste sábado

Ler matéria

🌎 Porto Seguro para o Mundo marca presença na Bolsa de Turismo de Lisboa 🇵🇹✈️

Ler matéria

Veja também

Campanha Porto Seguro para o Mundo chega a Portugal para negociar voos internacionais

Ler matéria

Porto Seguro realiza a maior e mais moderna ação de promoção do destino turístico da sua história

Ler matéria

Prefeito e vice-prefeito de Porto Seguro recebem homenagem do Festival de Cinema de Trancoso

Ler matéria