Mais dois imortais são empossados na Academia de Letras de Porto Seguro

Na última sexta-feira, dia 14 foi um grande dia para a Cultura de Porto Seguro. A Academia de Letras de Porto Seguro realizou o empossamento de seus dois membros da Confraria: Alexandre Aranha e Sérgio Rossetto são os mais novos imortais, ocupando as cadeiras 3 e 18, respectivamente.

Na ocasião, o Superintendente de Cultura, Sergio Britto Mehlem, o presidente da entidade, Cícero Sena e o vice-presidente  George Setúbal, fizeram parte da mesa de honra. A solenidade ainda contou com a presença dos confrades da entidade, além de familiares e amigos dos empossados.

ETERNO

Alexandre Aranha é natural de Porto Seguro e ficou muito feliz com o convite, principalmente por ocupar a cadeira 3, pertencente a João Ubaldo Ribeiro – escritor premiado, jornalista, cronista, roteirista e professor baiano. “É uma grande satisfação ser empossado, principalmente por poder escolher o meu patrono e ter ao lado o confrade Sérgio Rossetto. A Academia de Letras é uma casa de cultura e estamos aqui para difundir, expandir, divulgar e desenvolver a escrita e a culturae torna-la eterna. Agradeço ao presidente Cícero Senna pela oportunidade de fazer parte da história de Porto Seguro”, ressaltou.

Sergio Rossetto é paulista naturalizado portosegurense há 33 anos e assume a cadeira 18, de Luiz Gonzaga Gama, um escravo que se tornou escritor, rábula, orador, jornalista, e o Patrono da Abolição da Escravatura no Brasil.  “Fico lisonjeado por ter sido escolhido. Queremos colaborar com a cultura e educação de Porto Seguro. Hoje, a academia detém 20 cadeiras e somos em 12, por isso tivemos o privilégio de escolher o patrono, cuja história me sensibilizou”, declarou.

IMPORTÂNCIA

Durante a cerimônia, Mehlem  ressaltou a importância da Academia e de seus membros para a produção cultural do município. “É uma honra para o município ter uma Academia de Letras, pois propicia o desenvolvimento intelectual e da literatura norteando todo o processo de discussão cultural. Queremos juntos fortalecer e traçar novos caminhos na literatura para a juventude do município, que tem encontrado refúgio na dança, na música e em outras linguagens artísticas. A Academia de Letras de Porto Seguro pode contar com o equipamento da Casa da Lenha para a realização de suas atividades e o apoio da Secretaria de Cultura e Turismo do município”, finalizou.

A campanha” Meu destino é Bahia” supera 11 milhões de impressões nas redes sociais

Ler matéria

Lei Aldir Blanc é aprovada e beneficia Cultura

Ler matéria

Plano Estratégico para retomada da economia em Porto Seguro é apresentado hoje

Ler matéria

Veja também

Secretaria de Cultura e Turismo realiza Censo Cultural

Ler matéria

Ação coordenada neste domingo (14) visa fomentar turismo baiano

Ler matéria

Sectur, Saúde e empresários se unem para construir Protocolo para Eventos

Ler matéria